Brasileiro-preso-por-agressão-a-namorada-nos-EUA-é-solto

Brasileiro preso por agressão a namorada nos EUA é solto

Brasileiro preso por agressão a namorada nos EUA é solto/Instagram Depois das agressões, a estudante postou manifestos em seu perfil pessoal em uma rede social, agradecendo mensagens de apoio e alertando para os perigos de relacionamentos abusivos

O mineiro Erick Bretz, de 25 anos, preso na Flórida por agredir a namorada Melissa Gentz, de 22, foi solto após dar uma garantia de pagamento da fiança de 60.000 dólares, estipulada pelo departamento de polícia local. Ele havia sido detido sob acusação de violência doméstica por estrangulamento e ameaça. Mesmo solto, o rapaz terá o passaporte apreendido para responder ao processo em território americano.

Melissa conseguiu gravar parte da agressão, que foi divulgado pelo Bom Dia Brasil: “Você não aceita o homem que tem mais dominância do que você. Você não aceita, você acha que é o homem da relação. Mas você não é, você é mulher, véi [sic], tem que aceitar isso!”

O caso ocorreu no último domingo e foi relatado pela estudante em sua conta no Instagram. Com sinais do espancamento que sofreu, ela agradeceu o apoio dos amigos e seguidores e destacou os perigos de um relacionamento abusivo.

“Eu queria deixar uma mensagem para todas as mulheres: que vocês possam ter força e saibam que um homem que faz isso uma vez nunca vai mudar. Eu não teria terminado o relacionamento se não fosse pelo último ocorrido, então, por favor, terminem antes que seja tarde demais”, afirmou.

Em vídeo, Melissa explicou que expôs a história apenas nesta terça-feira, pois não estava pronta para mostrar as consequências da agressão. Ela também escreveu que os episódios de ciúmes de Erick eram constantes.

Ainda em seu perfil no Instagram, a jovem republicou uma foto que havia sido apagada pelo ex-namorado.”Ele disse que mulher com namorado não podia ter foto ‘mostrando os seios’”, escreveu. Na foto, Melissa traja uma blusa com alça e descreve como o ciúmes do namorado foi piorando.

“Começou com reclamações das minhas fotos no Instagram, depois dos comentários nas fotos, mensagens que eu recebia no WhatsApp… até que ele me pegou pelo cabelo e disse que eu precisava aceitar minha realidade porque eu era a mulher da relação”.

Radio Web Deus é FielAcesse