Classificando lances como fortes agressões Federação Catarinense emite nota sobre VAR

Classificando lances como fortes agressões Federação Catarinense emite nota sobre VAR

Nos jogos das duas equipes de Santa Catarina pelo Brasileirão da Série A no último domingo (7), tanto Chapecoense como Avaí registraram suas respectivas insatisfações mediante a utilização do Árbitro de Vídeo na validação do gol de Bruno Henrique para o Flamengo e também a penalidade marcada à favor do CSA.

Com essa situação que impulsionou até mesmo o desejo dos avaianos em pedir a anulação do embate no Estádio Rei Pelé, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) emitiu uma nota oficial fazendo duras críticas as participações do VAR diante dos clubes do estado.

Chamando os lances geradores de polêmica de “fortes agressões” que “prejudicaram de forma grosseira os seus associados”, a FCF prolonga seu posicionamento apontando que o uso da tecnologia não poderia servir para benefício de determinadas equipes e/ou “servir de pressão e escudo à fuga de responsabilidade das autoridades de dentro do campo.”

A nota ainda demonstra apoio aos clubes e faz um “apelo” para a melhor aplicação da tecnologia.

Veja a nota da Federação Catarinense de Futebol:

O futebol catarinense sofreu duas fortes agressões no último domingo quando decisões equivocadas na análise da tecnologia aplicada na arbitragem (VAR), prejudicaram de forma grosseira seus dois representantes na Série A do Campeonato Brasileiro, Associação Chapecoense de Futebol e Avaí Futebol Clube.

Defensora do uso da referida tecnologia, que surgiu para auxiliar a arbitragem e transformar o jogo mais justo e dentro das regras, a FCF não pactua com o seu uso para servir de pressão e escudo à fuga de responsabilidade das autoridades de dentro do campo. Se a regra do jogo permite interpretação, é injusto e absurdo que a decisão final esteja alocada a quem está longe do clima da partida imaginando ações e decidindo por pseudos movimentos, nem sempre concretizados em infrações.

Assim, a Federação Catarinense de Futebol abraça as inconformidades manifestadas por seus filiados, repudia a forma como foram causados os imensuráveis prejuízos ao futebol catarinense e apela no sentido de que o uso da tecnologia e a arbitragem, sejam ferramentas para estabelecer a justiça em todos os jogos.

 

Classificando lances como fortes agressões Federação Catarinense emite nota sobre VAR

Brasil bate a Polônia e mantém invencibilidade com Pia Sundhage

Acesse nosso canal do youtube

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta

Radio Web Deus é FielAcesse