Curso Bíblico Para Novos Convertidos

Curso Bíblico Para Novos Convertidos

Lição – 8

BATISMO, SANTA CEIA E COMUNHÃO

TEXTO BÍBLICO:

“Portanto ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai,  do Filho e do Espírito Santo”, (Mateus 28.19).

Introdução:

O Batismo e a Santa Ceia são as DUAS ORDENANÇAS da Igreja de Cristo. Todo cristão sincero tem prazer em ser batizado em águas, confirmando sua fé publicamente no simbolismo do batismo. A Santa Ceia é uma solenidade marcante na vida da Igreja. A comunhão é a união completa entre os irmãos em Cristo.

  1. BATISMO EM ÁGUAS

1.1. É uma ordenança de Cristo.

Ele mandou batizar, (Mt 28.19). Os que são seus discípulos devem obedecer a essa ordenança. A igreja cristã sempre zelou por esse ato, (At 2.38; 8.12; 10.47).

1.2. É um ato de fé

Só pode ser batizado em águas, quem já é salvo, crendo em Jesus como seu salvador. At 8.36, 37. A pessoa não é batizada para ser salva, mas porque já é salva A CONVERSÃO é interior; o BATISMO, é um ato exterior; neste, há uma confirmação da fé interior do crente perante a igreja visível. Por isso, não se deve batizar crianças muito pequenas, pois não tem ainda condições de crer de todo o coração.

1.3. É um ato de justiça

O próprio Salvador foi batizado, afirmando que devia fazer isto para cumprir toda a justiça. Mt 3.13-15. Demonstra o interesse do crente, não somente em ter fé, mas de andar no caminho da justiça de Deus. Se Jesus foi batizado, quanto mais nós, seus seguidores devemos passar por este ato de justiça!

1.4. É um ato simbólico

É símbolo de morte para o mundo, para o pecado, e símbolo de ressurreição para uma nova vida em Cristo Jesus. Rm 6.3-5. Para que o simbolismo seja completo, o batismo deve ser POR IMERSÃO em águas. A palavra BATISMO vem do grego (imergi). Não é bíblico batizar por aspersão. Jesus entrou na água e saiu dela, (Mt 3.16).

  1. SANTA CEIA

É a outra ordenança de Cristo, que deverá ser praticada pela igreja até a volta do senhor Jesus. A Santa Ceia deve ser entendida como.

2.1. Um memorial

Aponta para o passado, (Lc 22.19). Relembra a morte do Senhor através dos seguintes elementos.

  1. O pão – Simbolizando o corpo de Cristo, partido por nós.
  2. O vinho – Simbolizando o sangue de Cristo, derramado por nós, (Lc22).

2.2. Um ato de comunhão presente

Tomai e comei, bebei dele todos, (Mt 26.26, 27). Só pode tomar a Santa Ceia aqueles que já estão em comunhão. Onovo convertido já é salvo, mas precisa confirmar sua fé perante a igreja, através do batismo em águas, ficando assim, em comunhão com a mesma.

2.3. Uma mensagem de esperança

Aponta para o futuro. “… anunciais a morte do Senhor, até que venha, (Co. 11.26). Quem é crente fiel, espera a Vinda do Senhor.

  1. COMUNHÃO

Não é só reunião. É UNIÃO COMPLETA do crente com Cristo e com os demais cristãos. At 4.32, 2.42. Para que haja comunhão, é necessário que haja amor no coração (Jo 13.34, 35). A comunhão se desenvolve com humildade, amor, união, (Sl 133.1; I Jo 1.7). É importante, antes de tudo, ter comunhão com Cristo. Se estamos em comunhão com Jesus, sabemos amaros irmãos, compreendendo suas falhas e limitações. A comunhão nos leva à união espiritual. E TAMBÉM HUMANA, o companheirismo, à amizade fraternal sincera e leal.

 

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta