Desemprego entre os jovens

Desemprego entre os jovens fica em 25,2% em 2018; mais que o dobro do geral

A taxa de desemprego entre a população de 18 a 24 anos foi superior ao dobro da taxa geral em 2018. Enquanto a desocupação entre os jovens ficou em 25,2% no 4º trimestre do ano passado, o percentual total foi de 11,6%.

Segundo dados divulgados nesta 6ª feira (22.fev.2019) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), são 1,946 milhão de jovens sem emprego no país. Ao todo, são 12,195 milhões.

A maior desocupação é verificada na população ainda mais jovem, de 14 a 17 anos. A taxa chega a 40,3% (975 mil pessoas). Essa parcela da população trabalha sob condições específicas e pode atuar, por exemplo, como menor aprendiz.

Em todas as outras faixas etárias a taxa de desemprego é inferior à total. Entre as pessoas de 25 a 39 anos, o porcentual é de 6,9%, o que representa 4,191 milhões de trabalhadores.
Na camada de 40 a 59 anos, a taxa é de 10,7%, ou 2,771 milhões de pessoas. Já entre as pessoas com mais de 60 anos, é de 4%, o que corresponde a 312 mil trabalhadores.

Distribuição da população desempregada
No trimestre encerrado em dezembro de 2018, 34,4% da população desocupada no país tinha entre 25 e 39 anos. A 2ª faixa mais representativa é justamente a de 18 a 24 anos, que representa 32,4% do total.

Juntos, o grupo representa 66,8% do total de desempregados no país.

Além disso, 22,7% do total têm entre 40 e 59 anos; 8% entre 14 e 17 anos e 2,6% têm mais de 60 anos.

Amapá, Bahia e Alagoas: maior desemprego
A maior taxa de desemprego do país no final do ano passado foi verificada no Amapá, de 19,6%. O Estado é seguido por Bahia (17,4%), Alagoas (15,9%) e Pernambuco (15,5%).

As menores taxas, por outro lado, foram observadas em Santa Catarina (6,4%), Mato Grosso (6,9%), Mato Grosso do Sul (7%), Rio Grande do Sul (7,4%) e Paraná (7,8%).
Eis a divisão por região:

Nordesde: 12,4%
Sudeste: 12,1%
Norte: 11,7%
centro-oeste: 8,5%
Sul: 7,3%

Desemprego é maior entre mulheres
O peso do desemprego é maior entre as mulheres. No 4º trimestre de 2018, a taxa de desocupação foi de 13,5% entre o gênero feminino e de 10,1% entre o masculino.

Mulheres representaram também 52,1% do total da população desempregada. “Em quase todas as regiões, o percentual de mulheres na população desocupada era superior ao de homens. A exceção foi a região Nordeste (49,1%). Na Região Centro-Oeste, o percentual das mulheres foi o maior: elas representavam 55,8% das pessoas desocupadas”, diz o IBGE.

Desemprego é maior entre pretos e pardos
Enquanto o desemprego geral foi de 11,6% no final de 2018, entre os que se declaram pretos foi de 14,5% e de 13,3% entre os pardos. Entre brancos, por outro lado, foi de 9,2%.

 

Poupança ainda é o investimento preferido do brasileiro

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta

Radio Web Deus é FielAcesse