Diversão atrasa os ponteiros

Diversão atrasa os ponteiros

A impressão é que o tempo passa cada vez mais rápido. A solução? Divirta-se! Estudo de neurociência explica por que o tempo não voa quando você está se divertindo.

A sensação é de que o fim de semana voou?

No próximo, tente novas experiências em busca de diversão.

Segundo um novo estudo, experimentar coisas novas nos faz pensar que o tempo durou mais.

A pesquisa foi feita pela Universidade de Stanford (Estados Unidos).

Curtir um novo restaurante ou começar aulas de francês, por exemplo.

Viajar no fim de semana ou explorar uma nova vizinhança parecem esticar o tempo, mais que ficar em casa.

E, se for para ficar em casa, que seja lendo um livro novo.

“O fenômeno existe porque o cérebro está mais concentrado em coletar informações desconhecidas para formar uma memória”.

A explicação é de um dos autores, o neuroscientista David Eagleman.

“É por isso que o tempo parece voar mais rápido na fase adulta”.

Afinal, quando somos crianças, tudo é novo.

“Quando você olha para trás, no final de um verão passado na infância, parece ter demorado muito porque você se lembra de detalhes”.

“Mas, quando se é mais velho, já vimos todos os padrões antes”.

O único problema é que o efeito só acontece em retrospectiva.

Ou seja, só sentimos se o tempo passou mais ou menos depressa quando já passou.

Então, faça com que cada dia valha a pena.

Assim, você terá a certeza de que tirou o máximo proveito do seu tempo.

 

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta