IPVA 2019 fica cerca de 3,34% mais barato

IPVA 2019 fica cerca de 3,34% mais barato para motoristas de SP

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) em São Paulo ficará, em média, 3,34% mais barato, de acordo com a Secretaria Estadual da Fazenda.

Os valores foram reduzidos devido à queda nos preços de vendas de veículos praticados no varejo, segundo levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

As datas de vencimento já estão disponíveis para consulta, uma vez que o prazo varia conforme o final da placa. O pagamento pode ser feito em cota única em janeiro, com 30% de desconto, ou em fevereiro sem desconto.

É possível ainda parcelar o valor em três vezes durante os meses de janeiro, fevereiro e março. A falta do pagamento do IPVA acarreta em multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Após 60 dias, a multa é de 20% sobre o valor do imposto.

As alíquotas permanecem as mesmas: proprietários pagarão 4% do valor venal de veículos a gasolina ou flex; 3% no caso de veículos a álcool, elétricos ou a gás; 2% para utilitários cabine simples, ônibus, micro-ônibus, motocicletas, motonetas, quadriciclos e similares; e 1,5% para caminhões.

A Fazenda prevê arrecadar R$ 14,9 bilhões com o IPVA em 2019, recursos que serão revertidos em obras de infraestrutura, saúde e educação. Cerca de 17,4 milhões de veículos estão sujeitos ao recolhimento do imposto – 300 mil estão isentos por terem mais de 20 anos de fabricação ou pertencem a categorias especiais, como taxistas, pessoas com deficiência, igrejas, entidades sem fins lucrativos, veículos oficiais e ônibus ou micro-ônibus urbanos.

Confira as datas de vencimento do IPVA 2019 para automóveis, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus, motos e similares:

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta