Mais de 60 militares venezuelanos

Mais de 60 militares venezuelanos pediram refúgio na Colômbia neste sábado (23.fev.2018), diz o Ministério das Relações Exteriores colombiano em comunicado oficial.

De acordo com balanço do governo, 285 pessoas ficaram feridas nos confrontos na fronteira entre os 2 países e 37 foram hospitalizadas. Dos feridos, 255 são venezuelanos e 30, colombianos.

Dos 4 caminhões que tentaram passar de Cúcuta (Colômbia) para Urenã (Venezuela), apenas 1 segue no território venezuelano. Dois foram incendiados e 1 retornou para a Colômbia.

O presidente Nicolás Maduro fechou as fronteiras com Brasil e Colômbia na 6ª feira (22.fev.2019). Para ele, o envio de doações é uma interferência externa na política e soberania da Venezuela.

Neste sábado, Maduro afirmou que os Estados Unidos são imperialistas e que enviam ao país comida “podre e cancerígena que sobrou do Exército”.

Fortes confrontos estão ocorrendo nas fronteiras entre Venezuela, Brasil e Colômbia para tentar conter a entrada da ajuda humanitária.

O presidente autodeclarado da Venezuela, Juan Guaidó, que coordena a ação de chegada de suprimentos à Venezuela em diversos locais da fronteira, pediu em pronunciamento que a comunidade internacional “mantenha todas as cartas sobre a mesa” no que se refere à crise no país.

Anunciou também que irá reunir-se na 2ª feira (25.fev) com o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, em Bogotá (Colômbia), durante encontro do Grupo de Lima.

 

Conflito na fronteira com Venezuela

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta

Radio Web Deus é FielAcesse