Morte de neto de Lula: por que a meningite evolui tão rápido

Morte de neto de Lula: por que a meningite evolui tão rápido e afeta mais as crianças?

O neto do ex-presidente Lula morreu após um quadro de meningite meningocócica. Arthur Araújo Lula da Silva tinha 7 anos e a doença evoluiu em questão de horas: chegou ao atendimento às 7h20 e teve morte confirmada às 12h36. Essa evolução rápida é realmente uma característica da doença, que acomete principalmente as crianças.
Meningite meningocócica: o que é?

Há dois tipos principais de meningite: a viral e a bacteriana – sendo a última a forma mais grave, sofrida pelo neto do ex-presidente.

Segundo o infectologista Gabriel Cuba, do Hospital 9 de Julho, a doença atinge as membranas que revestem os órgãos do sistema nervoso, chamadas meninges. O tipo bacteriano (ou meningocócico) pode ser causado por bactérias como meningococos e pneumococos, e frequentemente está associado a infecções de ouvido.

Por que é mais comum em crianças?

A meningite é mais comum em crianças, especialmente aquelas até 5 anos de idade. Quanto mais novinha é a criança, maior é o risco, uma vez que o sistema imunológico ainda não é completamente maduro e o corpo não consegue se defender bem da invasão bacteriana.

De acordo com informações do Hospital Santa Casa de Araçatuba, recém-nascidos raramente adoecem. Isso por conta da proteção que eles ganham através dos anticorpos maternos. Acontece que essa imunidade vai declinando até os três meses de idade, a partir de quando a criança começa a ficar mais suscetível à doença.

Evolução é rápida e pode ser fatal

A meningite bacteriana ou meningocócica é o tipo mais grave e, devido à rápida evolução, requer atendimento imediato. Pode levar à septicemia (excesso de bactérias na corrente sanguínea) e infecção generalizada, causando a morte.

A infecção também pode atingir o sistema nervoso central, quadro conhecido como “meningoencefalite”, que mata rapidamente.
Em caso de recuperação, ainda há a possibilidade de sequelas na audição e visão, bem como problemas motores, déficit cognitivo e perda de membros, dentre outras.

Sintomas e sinais de alerta em crianças

Existem sintomas comuns da meningite que podem ser sinais de alerta para os pais. O Hospital Infantil Sabará alerta para os seguintes sinais:
Febre alta
Fortes dores de cabeça
Vômitos
Rigidez no pescoço
Manchas na pele e mal-estar generalizado
Em recém nascidos, ainda cabe cuidado extra com:
Alteração na moleira
Sonolência excessiva
Irritabilidade
Perda de apetite

Como é transmitida e como evitar?

A transmissão da meningite bacteriana pode ocorrer por tosse, espirros, beijos e ainda contato com objetos contaminados.
Para evitar o problema, há vacinas que estão disponíveis a partir dos 2 meses de idade.

 

Procura por vacina contra meningite

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta

Radio Web Deus é FielAcesse