Na-ONU-Temer-diz-que-Brasil-é-aberto-a-uma-política-universalista

Na ONU, Temer diz que Brasil é aberto a uma política universalista

O presidente brasileiro disse que a postura do Brasil contrasta com o ambiente de intolerância e isolamento de alguns países

Durante a abertura da 73.ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada na manhã desta terça-feira (25/9) em Nova York, o presidente da República Michel Temer (MDB) destacou que, ao contrário de nações que buscam o “isolacionismo, intolerância e unilateralismo”, o Brasil está aberto ao mercado internacional.

“Os desafios à integridade da ordem internacional são muitos. Vivemos tempos toldados por forças isolacionistas. Reavivam-se velhas intolerâncias”.

disse Temer. “O Brasil sabe que nosso desenvolvimento comum depende de mais fluxos internacionais de comércio e investimentos. Depende de mais contato com novas ideias e com novas tecnologias. É na abertura ao outro – e não na introspecção e no isolamento – que construiremos uma prosperidade efetivamente compartilhada. Assim tem atuado o Brasil. Levamos adiante uma política externa universalista”, completou.

Em tom pacífico, o chefe do Estado brasileiro discursou na abertura da sessão, cumprindo uma tradição cumprida por mandatários brasileiros desde 1955. Ele ainda mencionou as eleições deste ano no Brasil, previstas para ocorrerem no mês de outubro.

Radio Web Deus é FielAcesse