Pesquisadores no Estados Unidos esta desenvolvendo uma vacina contra shigelose

 

pesquisadores havia desenvolvido uma vacina contra shigelose

Pesquisadores no Estados Unidos esta desenvolvendo uma vacina contra shigelose.
Em 28 de fevereiro, a Universidade de Navarra, na Espanha, anunciou que um de seus pesquisadores havia desenvolvido uma vacina contra shigelose ou disenteria bacteriana. Porem é uma infecção que causa diarreia, dor de estômago e febre e, nos casos mais graves, leva à morte.
De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), há entre 80 e 165 milhões de casos em todo o mundo a cada ano e 600 mil óbitos.

“Shigelose é um problema global de saúde pública para o qual uma vacina ainda não está disponível, apesar do fato de a Organização Mundial de Saúde considerar uma prioridade. Porem então disse Carlos Gamazo, diretor do Departamento de Microbiologia da Universidade de Navarra.

A doença, transmitida principalmente pelo consumo de água e alimentos contaminados, afeta drasticamente as crianças em países em desenvolvimento.

“O maior benefício seria alcançado com a introdução de uma vacina de baixo custo que requer apenas uma dose única. O grupo de Yadira Pastor (cientista que liderou a investigação) trabalha para obter essa vacina de administração única e ‘sem agulhas’, com os níveis esperados de proteção “, afirma Gamazo.

Segundo Pastor, o projeto foi testado em camundongos “para verificar a eficácia e a toxicidade deste produto, com resultados muito promissores”.

Além disso, “diferentes vias de administração foram estudadas para substituir a via parenteral (intravenal)”, explica a bioquímica. O objetivo é facilitar a vacinação em massa e reduzir o uso de resíduos biológicos. Para isso. Então a pesquisadora criou géis imunoestimulantes para administração via nariz ou microadesivos, para a via intradérmica.

“Ambas as vias tiveram resultados muito promissores em camundongos que, após serem vacinados pelas duas vias, ficaram protegidos contra a infecção pela bactéria shigella”, diz Pastor.

Para tornar essa vacina uma realidade, será preciso confirmar sua eficácia em outros animais e só então será possível partir para testes de que ela é segura e funciona em humanos, explicou a pesquisadora.

 

 

Carreira sobre ciência da computação
Universo dos sabores-só receitas


Portal evangélico de noticias

Fonte: BBC

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta