Vídeo Policiamento vai facilitar identificação de procurados

Além de ser utilizada para encontrar criminosos, o sistema de videomonitoramento inteligente também ajudará a localizar pessoas desaparecidas. Atualmente, mais de 65 mil pessoas já estão cadastradas no sistema

Com tecnologia capaz de fazer identificação de pessoas, o projeto-piloto Vídeo Policiamento foi lançado na manhã desta terça-feira (18), pelo governador Rui Costa e pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, no Centro de Operações e Inteligência – 2 de Julho. Com a novidade, pioneira no país, imagens de câmeras passam a gerar informações, enviadas através de alertas para o Centro Integrado de Comunicações no COI.

Na prática, a polícia baiana passa a contar com um sistema inteligente capaz de fazer o reconhecimento facial de pessoas. Tudo é feito a partir da comparação de rostos que circulam nos locais onde as câmeras estão instaladas, com o banco de dados da SSP.

Vídeo Policiamento vai facilitar identificação de procurados Além de ser utilizada para encontrar criminosos, o sistema de videomonitoramento inteligente também ajudará a localizar pessoas desaparecidas. Atualmente, mais de 65 mil pessoas já estão cadastradas no sistema
Foto: Jorge Cordeiro

“Quanto maior o número de câmeras, maior a necessidade de atenção de quem analisa, por isso investimos pesado em tecnologia. Agora, um computador vai fazer de forma muito mais ágil, através do processamento inteligente, a identificação de pessoas, veículos ou de situações que venham gerar riscos ao povo baiano e prestar esses dados de maneira rápida ao policial”, explicou Rui Costa.

Mais de 18 milhões foram investidos nos softwares de reconhecimento, agregando ainda mais atividades ao videomonitoramento já utilizado. Trezentos e dez novas câmeras também serão incorporadas ao parque já existente no estado. O sistema inteligente vai gerar informações mais rápidas, repassadas em tempo real ou não para o operador que fica no Centro de Operações e Inteligência. A partir da chegada dessas informações, o servidor faz o acionamento para o policiamento mais próximo da situação.

“O banco de dados das pessoas procuradas será alimentado pela Superintendência de Inteligência, dando prioridades, no caso dos criminosos, aos mais perigosos”, afirmou o secretário da SSP, Maurício Teles Barbosa. Os componentes do Baralho do Crime são os primeiros a encabeçar a lista.

Veículos

Além da identificação de pessoas, a tecnologia também possibilitará o rastreamento de automóveis através das placas, funcionando de forma semelhante com a identificação facial. “Veículos com restrições de furto ou roubo identificados pelo sistema vão gerar um alertar ao operador do Cicom, que imediatamente poderá acionar a guarnição mais próxima para indicar a sua possível localização”, explicou o superintendente de Gestão e Tecnologia Organizacional, coronel Marcos Oliveira.

Fonte: SSP

Portal de Noticias

Portal evangélico de Noticias. As melhores noticias do Brasil e do mundo em tempo real. Musicas, eventos, esportes, diversão, ciências, medicina, saúde e tudo isso e muito mais pra você ficar informado dos acontecimentos.

Deixe uma resposta

Radio Web Deus é FielAcesse